Morre o fundador do Festival de Jazz de Montreux

Por Fernanda Paixão

Claude Nobs; Imagem: R7

Em coma desde o fim do ano passado, morreu nesta quinta-feira (11) Claude Nobs, criador do Festival de Jazz de Montreux. Ele estava internado em Lausanne, na Suíça, após um acidente de esqui em Caux, comuna francesa onde morava.

Claude tinha 76 anos e sofreu o acidente em 24 de dezembro de 2012. Ele ainda voltou para casa após o ocorrido, mas se sentiu mal e foi encaminhado para o hospital, onde foi operado e entrou em coma logo depois.

Claude dedicou boa parte de sua vida ao Festival de Jazz de Montreux, que ganhou proporções mundiais e se tornou um dos eventos musicais mais importantes. Criado em 1967, o festival exclusivamente de jazz abriu portas para outros gêneros musicais em 1970, sendo palco para apresentações de nomes como Deep Purple, Pink Floyd, Prince, Nina Simone, Bob Dylan e David Bowie. O grande festival valorizou bastante a música brasileira, tendo até mesmo um dia reservado para apresentações musicais do país tropical, a partir de 1978. Algumas passagens de artistas nossos marcaram a história do Festival de Montreux, como Gilberto Gil, Elis Regina, Rita Lee, Caetano Veloso, Marisa Monte, Ney Matogrosso e Titãs.

O festival continuará a ser produzido com o mesmo teor, agora sob liderança do diretor-geral Mathieu Jaton.

* Com informações de Rolling Stone

Publicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s